Estimule seu filho

Quanto mais estímulos motores, sonoros e visuais forem realizados nos pequeninos(as), maiores as chances de sucesso na aprendizagem.

Todo estímulo em excesso é prejudicial, com certeza, mas, estímulos na dose certa trazem muitos benefícios !

A maior parte das transformações no cérebro ocorre nos seis primeiros anos de vida.

Como a criança nasce com mais neurônios do que vai precisar na vida adulta, nesse período ocorre o que os neurocientistas chamam de “poda” cerebral.

Nesse processo, as ligações entre os neurônio mais integradas ao sistema sobrevivem,enquanto as menos utilizadas são descartadas.

Para se ter uma idéia, do primeiro ao quinto ano de vida são eliminadas cerca de 100 mil conexões por segundo. Isso não quer dizer, porém, que a “poda” seja ruim.

Faz parte do desenvolvimento do cérebro.

Ensinar às crianças o alfabeto antes dos 2 anos, por exemplo, não é adequado.

Isso porque, nessa idade, ela está na fase sensório-motora: é o melhor momento para desenvolver os sentidos e os movimentos – e não a lógica das letras.

Mesmo as mais velhas ainda têm o pensamento concreto.

Por isso, brincar com cubos de montar é mais eficiente do que decorar números em cartolinas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *