O papel do pai na gestação

 O papel do pai apresenta uma importância extrema no acompanhamento da mãe durante a gravidez e depois do nascimento do bebê. É fundamental, sempre que possível, o acompanhamento de todas as consultas e exames da mãe, bem como a frequência de cursos de preparação para o nascimento.  Estes ajudam no esclarecimento de dúvidas, na adaptação à nova situação e no ensino da preparação para o nascimento propriamente dito.  Uma outra dificuldade com que o pai se depara é com o aumento de sensibilidade da mãe, com a possibilidade de crises de choro, com a instabilidade emocional e com uma maior necessidade de proteção. Neste sentido, é ideal que as manifestações de afecto sejam recíprocas, pois o pai também sente necessidade de afecto e de compreensão. Por vezes a presença frequente do pai é difícil de cumprir, mas o toque na barriga da mãe ao chegar a casa, o falar para ela com um tom de voz terno e tranquilo, são importantes de tal forma que o bebé, depois de nascer, reconhece a voz do pai e transmite emoções positivas nessa situação. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *