Como garantir uma boa noite de sono depois da maternidade…

Essa é a Nanda. Por ser o terceiro filho ela já chegou da maternidade dormindo no quartinho dela,rsrssr. Mas a Bia e o Pedro me deram um trabalho danado. Na verdade, eu me dei esse trabalho.  A Bia, eu tinha que deitar  junto e só podia levantar depois que ela dormia. Ficava doida quando ela demorava pra dormir. Não podia ter nenhum barulhinho que ela acordava chorando e eu tinha que me deitar  novamente. O Pedro acordava eu entochava a mamadeira, dando um litro quase de leite só durante a madrugada, pra que ele não chorasse. Saber diferenciar o choro do bebê é um dos maiores desafios de pais e mães. As lágrimas expressam diferentes necessidades e vontades do seu filho. E não existe um consenso sobre deixar ou não a criança chorando. Essa polêmica ganhou mais um capítulo com o recém-lançado The Essential First Year – What Babies Need Parents to Know (O essencial primeiro ano – O que os bebês precisam que seus pais saibam). A autora, a psicóloga britânica Penélope Leach, afirma que deixar a criança chorar para pegar no sono prejudica o desenvolvimento cerebral. Penélope se baseou em uma pesquisa não conclusiva que contraria tudo o que a ciência comprovou até hoje. Ela afirma que o bebê dorme porque está exausto e não porque entende que precisa dormir. Além disso, diz que a criança se sente carente por chorar e não obter resposta. Para Márcia Pradella, coordenadora do setor de pediatria do Instituto do Sono, da Unifesp, essas afirmações são discutíveis. Crianças menores de 3 anos não têm a mesma percepção do adulto no que diz respeito ao abandono. Nessa fase as crianças não têm maturidade neurológica e ainda não são capazes de fantasiar. Por isso é tão importante que você ensine seu bebê a dormir sozinho. De acordo com recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) os bebês só precisam dormir na presença dos pais até os 6 meses de vida, mas você pode fazer essa transição antes. Crianças acostumadas desde os primeiros meses de vida a dormir no berço – no quarto delas e sem a presença dos pais – só choram quando têm algum problema, ao contrário daquelas habituadas ao colo. “O choro faz parte de um ritual do sono, essa é uma das primeiras etapas do amadurecimento”, diz Márcia. Para ela, não tem nenhum problema deixar a criança chorar antes de dormir, pelo contrário. O choro aumenta o fluxo sanguíneo no cérebro, e isso estimula o desenvolvimento. Apesar de o choro aumentar os níveis de estresse do bebê, isso é normalizado assim que ele para de chorar. “O estresse é um sinal de defesa do organismo, ele só é prejudicial quando é constante”, diz Márcia. Quando você estimula seu filho a dormir sozinho está auxiliando seu desenvolvimento. No começo pode ser difícil, mas você deve ser persistente. Se ele chorar assim que você o puser no berço, tente acalmá-lo (sem tirá-lo do berço) e certifique-se que não há nada de errado. Fique ao lado dele até adormecer. Aos poucos, ele vai conseguir dormir sozinho.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *