Registre esse momento único

Todas as mamães sabem a importância de um filho, seja ele o primeiro ou o quinto. É um momento único, tanto para a mãe quanto para a família. Só isso já é um bom motivo para fotografar o momento. No dia da sessão de fotos, traga seu marido ou filhos, se eles também quiserem participar. Eles ajudarão a enriquecer o seu ensaio. Você também poderá separar enfeites, brinquedos e roupinhas que já comprou para o seu bebê, para dar um toque ainda mais pessoal.

O papel do pai na gestação

 O papel do pai apresenta uma importância extrema no acompanhamento da mãe durante a gravidez e depois do nascimento do bebê. É fundamental, sempre que possível, o acompanhamento de todas as consultas e exames da mãe, bem como a frequência de cursos de preparação para o nascimento.  Estes ajudam no esclarecimento de dúvidas, na adaptação à nova situação e no ensino da preparação para o nascimento propriamente dito.  Uma outra dificuldade com que o pai se depara é com o aumento de sensibilidade da mãe, com a possibilidade de crises de choro, com a instabilidade emocional e com uma maior necessidade de proteção. Neste sentido, é ideal que as manifestações de afecto sejam recíprocas, pois o pai também sente necessidade de afecto e de compreensão. Por vezes a presença frequente do pai é difícil de cumprir, mas o toque na barriga da mãe ao chegar a casa, o falar para ela com um tom de voz terno e tranquilo, são importantes de tal forma que o bebé, depois de nascer, reconhece a voz do pai e transmite emoções positivas nessa situação. 

Converse com seu bebê ainda na barriga

Uma relação saudável de afetividade  entre pais e  filhos começa antes do nascimento. Os vínculos que os pais criam com seus filhos mesmo dentro da barriga da mamãe são de extrema importância para seu desenvolvimento e os benefícios vão acompanha-lo por toda a vida, pois o tornará uma pessoa mais segura. Desde os primeiros meses o  bebê já pode ouvir o que  acontece no mundo lá fora. Por isso o papai e a mamãe já podem começar cantando e conversando com o filho.  Exames mostram que o bebê ainda na barriga relaxa ao ouvir sons de músicas, então evite músicas muito agitadas. A voz dos pais também é reconhecida e reconfortará o bebê quando ele nascer, pois ele se lembrará. As vantagens desse relacionamento de carinho e afeto beneficiarão a adolescência dessa criança, elevando a sua auto-estima, fazendo com que o adolescente consiga passar por essa fase sem maiores transtornos, crescendo seguro e com mais auto-confiança.

Mudança de humor na gestação

Pela manhã, a alegria impera na casa de uma gestante, que acorda e faz um lindo café da manhã para o marido que vai trabalhar. No meio da tarde, a futura mamãe chora compulsivamente ao ver um comercial de bebê. Já pela noite, a mamãe grávida discute de maneira irritada com o papai por causa da cor do berço do bebê. Um dos grandes vilões por essas oscilações bruscas de humor na gestante são as mudanças hormonais. A grande maioria das mulheres conhece as alterações que o corpo e o humor sofrem com a TPM (tensão pré-mestrual). O ovário antes da menstruação produz dois hormônios responsáveis pela preparação do corpo para receber um bebê: a progesterona e o estrogênio. Quando o óvulo não é fecundado, acontece a menstruação, mas a produção desses hormônios é o bastante para causar as irritações, sensibilidades e choros da “famosa” TPM, que passa quando acontece a menstruação e os hormônios voltam para a sua taxa de normalidade. Continue lendo