Saiba qual o poder dos super-herois na vida de nossos pequenos

Super-Homem, Homem-Aranha, Batman, Mulher-Maravilha…

Os super-heróis dos desenhos e histórias em quadrinhos e os heróis e heroínas dos contos de fadas são muito presentes na vida das crianças, assim como foram na sua infância. 

Mas, afinal, qual é o poder desses heróis na vida dos pequenos?

É nessa relação da criança com os super-herois que são plantadas as sementes de  valores, como ética, coragem, humildade. Nos contos de fadas os heróis são os mais humildes e bondosos da família ou da aldeia. São os que aceitam enfrentar a perigosa tarefa que irá salvar o reino, a cidade, a princesa…

Observei que quando estimulado a construir uma história o Pedro, meu filho,  foi de encontro com seu super-homem, com etapas que vão até o momento em que se transforma em herói. Nos enredos inventados por ele, o herói não aparece somente poderoso, mas aquele também em seus momentos de fraqueza e medos.
Essas fragilidades abrem uma brecha para o processo de identificação com o herói, e na maioria de suas histórias, ele tira o herói da dificuldade e se torna seu aprendiz, rsrsrs
E os vilões, que seriam o lado do mal da história, valorizam ainda mais a razão de ser do herói. Eles são importantes para que a criança saiba que o mal também existe, colocando em pauta o lado invejoso, vaidoso, egoista, violento…
Se você tem receio de como as lutas entre o bem e o mal que habitam as histórias podem incentivar a violência, saiba que elas são benéficas ao ensinar que até mesmo num conflito é possível ser ético.
Porém, ao final de suas histórias, quando os heróis são recompensados, tento mostrar-lhe
que o “bem” pode triunfar.
Não se assuste se um dia o seu filho resolver que só vai atender a um chamado seu se você se referir a ele como “Batman”.
E saiba que a presença dos pais, é fundamental no mundo imaginário da criança.

 

ICTERÍCIA

  

Quando minha caçulinha nasceu, depois de tres dias em casa notei que estava ficando amarelinha. A levei na pediatra que imediatamente a internou para o banho de luz. Nossa, voltei pra casa  arrasada sem “meu pacotinho”. Parecia que haviam me dado um super presente e pêgo de volta. Voltamos eu e meu marido em silencio absoluto pra casa. Foi difícil demais deixa-la no hospital e voltar sem ela. Só ai, fui pesquisar e entender melhor sobre o assunto :  Continue lendo

Consumismo infantil

Ninguém nasce consumista.  O consumismo é uma ideologia, um hábito mental forjado que se tornou umas das características culturais mais marcantes da sociedade atual. Não importa o gênero, a faixa etária, a nacionalidade, a crença ou o poder aquisitivo. Hoje, todos que são impactados pelas mídias de massa são estimulados a consumir de modo inconseqüente. As crianças, ainda em pleno desenvolvimento e, portanto, mais vulneráveis que os adultos, não ficam fora dessa lógica e infelizmente sofrem cada vez mais cedo com as graves conseqüências relacionadas aos excessos do consumismo: obesidade infantil, erotização precoce, consumo precoce de tabaco e álcool, estresse familiar, banalização da agressividade e violência, entre outras.  Continue lendo

Amamente…

O alimento é completo, fácil de ser digerido, previne a anemia, aumenta o vínculo entre mãe e filho… Você já sabe que amamentar faz bem para o seu bebê e para você. Mas os cientistas não param de descobrir novidades sobre a amamentação. A mais recente descoberta, segundo um estudo publicado na edição de junho da revista americana Pediatrics, mostra que crianças que são amamentadas têm menos chance de ter febre após tomar vacinas.

As explicações são bem simples: o leite materno possui substâncias antiinflamatórias, o que garante o benefício. Outra razão é que a amamentação é uma alimentação completa com todos os nutrientes necessários, fortalecendo as defesas do organismo do bebê.
Para chegar a esse resultado, os pesquisadores mediram a temperatura de 450 crianças após serem vacinadas, e durante os três dias seguintes. Mais de 50% das que tomavam mamadeira tiveram a reação, contra 25% do grupo que era amamentado exclusivamente com o leite materno.
CONFIRA 17 BENEFICIOS DA AMAMENTAÇÃO PARA MÃE E FILHO :

Teste do pezinho

O exame detecta uma série de doenças que podem afetar o seu desenvolvimento.

Ao diagnosticá-las precocemente, como a fenilcetonúria e o hipotireoidismo congênito, responsáveis por deficiências mentais e problemas de desenvolvimento, é possível começar o tratamento adequado nas primeiras semanas de vida do bebê e evitar conseqüências graves no futuro.

Continue lendo